• Equipe NeuroVox

Redes sociais e desperdício de tempo

Quais são os males de se interessar pela vida de pessoas que não fazem diferença em nossas próprias vidas? O que nos dizem a psicologia e as neurociências?


Hoje sabemos que o uso de redes sociais pode ser tóxico e prejudicial, inclusive para sua saúde.


O Prof. Pedro Calabrez explica os males de utilizar as redes sociais para bisbilhotar a vida de pessoas que não fazem diferença em sua própria vida, em nosso novo vídeo no canal NeuroVox. Assista ao vídeo abaixo, ou clicando aqui. Abaixo você encontra, também, as referências e recomendações de leitura para o vídeo.




Referências e Recomendações de Leitura:


1) Neurociência Social:

Lieberman, M. (2014). Social: Why Our Brains Are Wired to Connect. New York: Broadway Books, 2014.


Schutt, R. K., Seidman, L. J., & Keshavan, M. S. (Eds.). (2015). Social neuroscience: Brain, mind, and society. Harvard University Press.


2) Fofoca é natural:

Dunbar, R., & Dunbar, R. I. M. (1998). Grooming, gossip, and the evolution of language. Harvard University Press.


3) Carga cognitiva:

Sweller, J. (2011). Cognitive load theory. In Psychology of learning and motivation (Vol. 55, pp. 37-76). Academic Press.


4) Redes sociais ativam circuitos de recompensa:

http://sitn.hms.harvard.edu/flash/2018/dopamine-smartphones-battle-time/


5) Redes sociais e depressão / ansiedade:

https://penntoday.upenn.edu/news/social-media-use-increases-depression-and-loneliness


6) Vivemos a maior epidemia de solidão da história:

https://www.bbc.co.uk/programmes/articles/2yzhfv4DvqVp5nZyxBD8G23/who-feels-lonely-the-results-of-the-world-s-largest-loneliness-study

0 visualização

NeuroVox News

Psicologia e Neurociências, por Pedro Calabrez

contato@neurovox.com.br

  • Facebook NeuroVox
  • Instagram NeuroVox
  • YouTube NeuroVox

© 2020 NeuroVox - Todos os direitos reservados.