top of page
  • Foto do escritorEquipe NeuroVox

6 maneiras de manter seu cérebro jovem

Atualizado: 15 de jan. de 2020

O que você pode fazer para manter seu cérebro jovem e saudável, de acordo com a ciência?



Quais são as recomendações científicas para preservarmos a juventude e a saúde dos nossos cérebros?


É isso que o Prof. Pedro Calabrez explica, em profundidade, em nosso novo vídeo no canal NeuroVox. Assista ao vídeo abaixo, ou clicando aqui. Abaixo você encontra, também, as referências e recomendações de leitura para o vídeo.




Referências e Recomendações de Leitura:


1) Sobre a epidemiologia da doença de Alzheimer, incluindo os estudos que mostram que a região da América Latina é a mais grave, bem como alimentação, atividade física, desafio intelectual, sono e stress como fatores determinantes da doença:

Livingston, G., Sommerlad, A., Orgeta, V., Costafreda, S. G., Huntley, J., Ames, D., ... & Cooper, C. (2017). Dementia prevention, intervention, and care. The Lancet, 390(10113), 2673-2734.


Nichols, E., Szoeke, C. E., Vollset, S. E., Abbasi, N., Abd-Allah, F., Abdela, J., ... & Awasthi, A. (2019). Global, regional, and national burden of Alzheimer's disease and other dementias, 1990–2016: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2016. The Lancet Neurology, 18(1), 88-106.


Rizzi, L., Rosset, I., & Roriz-Cruz, M. (2014). Global epidemiology of dementia: Alzheimer’s and vascular types. BioMed research international, 2014.


Qiu, C., Kivipelto, M., & von Strauss, E. (2009). Epidemiology of Alzheimer's disease: occurrence, determinants, and strategies toward intervention. Dialogues in clinical neuroscience, 11(2), 111.


2) Relatório da Organização Mundial da Saúde sobre Alzheimer:


3) Sobre as horas de sono necessárias:

Hirshkowitz, M., Whiton, K., Albert, S. M., Alessi, C., Bruni, O., DonCarlos, L., ... & Neubauer, D. N. (2015). National Sleep Foundation’s sleep time duration recommendations: methodology and results summary. Sleep health, 1(1), 40-43.


4) Recomendação da Fundação Nacional do Sono (EUA), uma das principais instituições de pesquisa sobre sono do mundo:


5) Estudo científico de revisão da literatura, mostrando que curta duração de sono aumenta o risco de síndrome metabólica:

Xi, B., He, D., Zhang, M., Xue, J., & Zhou, D. (2014). Short sleep duration predicts risk of metabolic syndrome: a systematic review and meta-analysis. Sleep medicine reviews, 18(4), 293-297.


6) Relação entre pouco sono, e sono de má qualidade, e Alzheimer:

Ju, Y. E. S., Lucey, B. P., & Holtzman, D. M. (2014). Sleep and Alzheimer disease pathology—a bidirectional relationship. Nature reviews Neurology, 10(2), 115.


Ju, Y. E. S., McLeland, J. S., Toedebusch, C. D., Xiong, C., Fagan, A. M., Duntley, S. P., ... & Holtzman, D. M. (2013). Sleep quality and preclinical Alzheimer disease. JAMA neurology, 70(5), 587-593.


7) Pessoas que dormem pouco (e principalmente as que dormem pouco e mal) têm maior risco de doenças cardiovasculares:

Hoevenaar-Blom, M. P., Spijkerman, A. M., Kromhout, D., van den Berg, J. F., & Verschuren, W. M. (2011). Sleep duration and sleep quality in relation to 12-year cardiovascular disease incidence: the MORGEN study. Sleep, 34(11), 1487-1492.


8) Dormir muito também aumenta o risco de doenças cardiovasculares e mortalidade:

Suzuki, E., Yorifuji, T., Ueshima, K., Takao, S., Sugiyama, M., Ohta, T., ... & Doi, H. (2009). Sleep duration, sleep quality and cardiovascular disease mortality among the elderly: a population-based cohort study. Preventive medicine, 49(2-3), 135-141.


9) Meditação e seus benefícios:

Wright, R. (2017). Why Buddhism is true: The science and philosophy of meditation and enlightenment. Simon and Schuster.


10) Stress e Alzheimer:

Christen, Y. (2000). Oxidative stress and Alzheimer disease. The American journal of clinical nutrition, 71(2), 621S-629S.


Perry, G., Cash, A. D., & Smith, M. A. (2002). Alzheimer disease and oxidative stress. BioMed Research International, 2(3), 120-123.

Chicago

11) Vídeo de um cientista especialista em sono, onde ele fala sobre as horas recomendadas e outras curiosidades sobre o sono:


12) Vídeo sobre Alzheimer do Dr. Fabiano Moulin, médico neurologista:


13) Mais um vídeo do Dr. Moulin sobre saúde do cérebro:


14) Vídeo do Dr. Fabiano Moulin sobre sono:


15) Benzodiazepinas (incluindo Rivotril) e demência:

Zhong, G., Wang, Y., Zhang, Y., & Zhao, Y. (2015). Association between benzodiazepine use and dementia: a meta-analysis. PloS one, 10(5), e0127836.


He, Q., Chen, X., Wu, T., Li, L., & Fei, X. (2019). Risk of Dementia in Long-Term Benzodiazepine Users: Evidence from a Meta-Analysis of Observational Studies. Journal of Clinical Neurology, 15(1), 9-19.


16) Brasil é um dos países mais sedentários do mundo:

Althoff, T., Hicks, J. L., King, A. C., Delp, S. L., & Leskovec, J. (2017). Large-scale physical activity data reveal worldwide activity inequality. Nature, 547(7663), 336.


17) Resultados do Brasil no PISA 2018:


18) O q.i. da população está diminuindo recentemente:

Bratsberg, B., & Rogeberg, O. (2018). Flynn effect and its reversal are both environmentally caused. Proceedings of the National Academy of Sciences, 115(26), 6674-6678.


19) Consumo regular de carne vermelha aumenta risco de mortalidade geral, mortalidade por doença cardiovascular, e mortalidade por câncer:

Pan, A., Sun, Q., Bernstein, A. M., Schulze, M. B., Manson, J. E., Stampfer, M. J., ... & Hu, F. B. (2012). Red meat consumption and mortality: results from 2 prospective cohort studies. Archives of internal medicine, 172(7), 555-563.


20) Outro grande estudo, mais recente, novamente associando consumo de carne vermelha com mortalidade:

Zheng, Y., Li, Y., Satija, A., Pan, A., Sotos-Prieto, M., Rimm, E., ... & Hu, F. B. (2019). Association of changes in red meat consumption with total and cause specific mortality among US women and men: two prospective cohort studies. bmj, 365, l2110.


21) Comentário sobre o artigo acima publicado no New England Journal of Medicine, revista científica de maior fator de impacto no mundo, e mais importante revista médica do mundo:


21) Site da Organização Mundial da Saúde, mencionando a associação entre consumo de carne vermelha, carne processada e câncer: https://www.who.int/features/qa/cancer-red-meat/en/


22) Crítica da Escola de Saúde Pública de Harvard a alguns estudos recentes que sugeriram que o consumo de carne vermelha não é maléfico:


23) Outra crítica:

Neuhouser, M. L. (2019). Red and processed meat: more with less?. The American journal of clinical nutrition.


25) Mais um estudo associando consumo de carne vermelha e carne processada com câncer:

Bouvard, V., Loomis, D., Guyton, K. Z., Grosse, Y., Ghissassi, F. E., Benbrahim-Tallaa, L., ... & Corpet, D. (2015). Carcinogenicity of consumption of red and processed meat. The Lancet Oncology, 16(16), 1599-1600.


26) Recomendações de tempo de sono do Center for Disease Control and Prevention:


27) Mais um estudo sobre benzodiazepinas e Alzheimer:

De Gage, S. B., Moride, Y., Ducruet, T., Kurth, T., Verdoux, H., Tournier, M., ... & Bégaud, B. (2014). Benzodiazepine use and risk of Alzheimer’s disease: case-control study. Bmj, 349, g5205.


28) Outro estudo sobre benzodiazepinas e Alzheimer:

de Gage, S. B., Bégaud, B., Bazin, F., Verdoux, H., Dartigues, J. F., Pérès, K., ... & Pariente, A. (2012). Benzodiazepine use and risk of dementia: prospective population based study. Bmj, 345, e6231.


29) Outro estudo sobre benzodiazepinas e demências:

Islam, M. M., Iqbal, U., Walther, B., Atique, S., Dubey, N. K., Nguyen, P. A., ... & Shabbir, S. A. (2016). Benzodiazepine use and risk of dementia in the elderly population: a systematic review and meta-analysis. Neuroepidemiology, 47(3-4), 181-191.

7.805 visualizações8 comentários

댓글 8개


Luiza Adelaide
Luiza Adelaide
2021년 6월 17일


좋아요

Luiza Adelaide
Luiza Adelaide
2021년 6월 17일

Exelebte vídeo amei maravilhoso

좋아요

rhodeblopes
2021년 1월 07일

Eu estou com sintoma de Alzheimer.. tenho falha de memória..minha idade, 73anos. Minha mãe ,meu pai ,antes de morrer tiveram alzheimer.minha irmã que está com 70 anos tem Alzheimer..Eu gostei dos teus conselhos sobre alimentação. Vou seguir teus conselhos e mudar minha alimentação. Obrigada..Deus te abençoe🙏

좋아요

cavalheiro.adv
2020년 8월 07일

Obrigado pelo material de excelência Prof. Pedro! ...e muito, mas muito obrigado pela sua postura filantrópica de disseminar e compartilhar sistematicamente seus conhecimentos! (Claps Claps Claps)

좋아요

elistos
2020년 1월 14일

Excelente vídeo, aprendi muito. Obrigada

좋아요
bottom of page